Foto

Por: Michele Faifer

Aconteceu ontem, 21/08, no auditório, a Cerimônia do Jaleco dos cursos de Biomedicina e Fisioterapia do Centro Universitário do Vale do Araguaia. Participaram da cerimônia os acadêmicos do 2º semestre de ambos os cursos.

O evento foi organizado pelo coordenador do curso de biomedicina, Jefferson Teixeira e pela coordenadora de fisioterapia, Juliana Weiler. Estavam presentes os professores: Dr. Bruno Lucchet, Me. Fernando Almeida Lima, e a Esp.  Suiani Rower; e os amigos e familiares dos acadêmicos.

A Cerimônia do Jaleco é um momento simbólico que transmite aos acadêmicos valores e responsabilidades. Além disso, ela tem o intuito de fortalecer o sentimento de pertencimento e a identidade entre os participantes, por meio da celebração do ingresso dos futuros profissionais.

A coordenadora do curso de fisioterapia, Juliana Weiler destacou: a cerimônia é um momento único que reforça o compromisso com a ética e respeito à vida. O simbolismo do jaleco traz aos acadêmicos o sentido de responsabilidade com a profissão.  A cerimônia é motivo de orgulho para os futuros fisioterapeutas e suas famílias. Mostrar desde o início de sua vida acadêmica que precisamos nos preparar para quando vestir esse manto estar à altura, com dignidade e competência.

“Como coordenador da primeira turma de Biomedicina, sinto uma imensa alegria ao compartilhar o êxito da cerimônia do jaleco. Observar os sorrisos radiantes e os olhares repletos de gratidão nos rostos dos acadêmicos e de seus familiares é a confirmação tangível de que nossa dedicação valiosa valeu a pena”, ressaltou Jefferson Teixeira.

O coordenador de Biomedicina ainda comentou: “o evento transcendeu a mera formalidade, tornando-se um momento de pura emoção, marcando o início da trajetória acadêmica desses jovens rumo a um futuro promissor. Enfatizamos no evento os pilares éticos que sustentam nossa profissão, a importância da pesquisa incessante e o impacto duradouro que têm sobre a saúde da comunidade”.

 “Almejamos, sinceramente, que essa experiência inspire cada estudante a perseguir incansavelmente a excelência, mantendo viva a lembrança do potencial transformador que possuem. Estou confiante de que essa primeira turma trilhará um caminho brilhante e inovador, levando o nome do UNIVAR a patamares cada vez mais altos no cenário da educação e pesquisa e saúde”, finalizou Teixeira.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

plugins premium WordPress